Dica da Nádia: Polpettone – o segredo está na hora de fritar

O Polpettone é um prato que muita gente adora, a receita é simples (e já foi postada no blog), mas nem sempre é fácil acertar quando se faz em casa. O começo de uma boa receita é sempre bons ingredientes. No caso do Polpettone, é uma boa carne: quando for ao açougue, peça um pedaço de patinho moído na hora, sem gorduras. Mas o grande segredo, e onde muita gente erra, está na hora de fritar.

Para que o Polpettone fique crocante por fora, cozido por dentro e com o queijo derretido, é necessário usar uma panela mais estreita e alta, esquentar bem o óleo e, na hora de fritar, deixar no fogo médio. O objetivo da panela neste formato é fazer a fritura de imersão, uma unidade por vez, para que o óleo não esfrie e o Polpettone não encharque. Para conservá-los quentes enquanto frita os outros, coloque no forno, em fogo bem baixinho!

Está com dificuldades para saber quando o óleo está no ponto? Basta usar aquele velho truque: colocar um palito de fósforo enquanto esquenta. Quando ele “queimar”, a temperatura está ideal!

Se surgirem dúvidas, é só me enviar pelo formulário de comentários.

Boa sorte no preparo! E bom apetite!

Bacio,

Nadia Pizzo

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
Esta entrada foi publicada em Dicas da Nádia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

7 respostas a Dica da Nádia: Polpettone – o segredo está na hora de fritar

  1. Pingback: Polpettone do Ráscal | O que acontece no Rio?

  2. Gian Filippo Riva disse:

    polpettao meravigliao!

  3. Carlos Matosinhos disse:

    Adorei a dica, obrigado. Vou fazer exatamente assim. Felicidades e continue nos enviando boas dicas de culinária. abraços, Carlos

  4. Gerson Schuermann disse:

    Grato pela dica, por favor como não deixar o polpettone embatumado no seu interior?; errei onde?;dizem que devo usar carne de porco junto,será?.

  5. Priscila Saboia disse:

    Olá! fiz o Polpettone e ficou quase perfeito, acho que ficou um pouquinho cru por dentro. Será que é melhor colocar o fogo mais baixo ou modelar o polpettone mais fininho??

  6. Ráscal disse:

    Olá Gerson, tudo bem?

    Não necessariamente é preciso da carne de porco, nossa dica é seguir esta receita e na hora de modelar o Polpettone não colocar muita carne, não deixá-lo “pesado”.

    Um abraço,
    Equipe Ráscal

  7. Ráscal disse:

    Olá Priscila, tudo bem?

    O Fogo baixo com o óleo não muito quente é o que ajuda a cozinhar o polpettone por dentro, porém o mesmo não deve ficar muito alto, do contrário ele realmente ficará cru.

    Um grande abraço,
    Equipe Ráscal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *