Filmes com um quê de Gastronomia

Meryl Streep é a protagonista de "Julie & Julia". Foto: Divulgação

A culinária é uma arte que atrai a atenção, não só de quem cozinha e tem paixão pelas panelas, mas também dos admiradores de uma comida bem feita. No cinema, o mundo da gastronomia já foi abordado diversas vezes. Veja algumas dicas de filmes que o Ráscal sugere para vocês:

– “Sabor da Paixão” foi lançado no ano 2000 e conta a história da chef brasileira Isabella Oliveira, vivida por Penélope Cruz, ao se mudar para São Francisco, na Califórnia.

– “Simplesmente Marta” é um filme alemão que mostra a história de Martha, uma mulher com grande talento culinário que se dedica 100% ao trabalho num restaurante em Hamburgo.

– Na animação “Ratatouille”, o ratinho Remy é um apaixonado pela culinária que se muda para Paris. Lá, conhece o empregado de um restaurante e acaba se tornando, junto com ele, um grande cozinheiro.

– Em “A Grande Noite”, dois irmãos italianos partem rumo aos Estados Unidos, onde abrem um restaurante. Uma crise afeta o estabelecimento e os dois, com ajuda do proprietário de um restaurante de sucesso, decidem fazer uma grande noite para tentar tirar a casa do sufoco.

– “Tortilla Soup” mostra o talentoso chef de origem mexicana Martin, que começa a perder o paladar. Viúvo, ele só pode contar com a ajuda de suas três filhas para enfrentar essa situação.

– “Chocolate” mostra a história de mãe e filha ao abrir uma loja de chocolates num vilarejo francês.

– Julia Roberts vive a protagonista de “Comer, Rezar, Amar”. Liz é uma mulher que, após enfrentar um doloroso divórcio, resolve viajar pelo mundo para se encontrar. Na Índia, ela entra em contato com seu lado religioso. Na Itália, descobre os prazeres da gastronomia, e na Indonésia, encontra seu verdadeiro amor.

– “Julie & Julia” conta a história de Julia, uma americana que lança um livro com 524 receitas, em 1948. Cinquenta anos depois, uma mulher chamada Julie decide preparar os pratos que estão no livro durante um ano. Durante esse período, ela conta suas experiências em um blog.

Com tantos filmes inspiradores, é impossível não ficar com água na boca. Que tal aproveitar a proximidade do final de semana para almoçar no Ráscal e depois pegar um cineminha?

Compartilhe
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
Esta entrada foi publicada em Novidades. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Filmes com um quê de Gastronomia

  1. Renan disse:

    Que bacana!!! Nem sabia que tinha tantos filmes falando sobre culinária desse jeito. Me deu uma vontade absurda de comer o spagetti do Ráscal.

  2. Ibsen Morem disse:

    Muito boa esta iniciativa de recomendar filmes com forte ligação à arte culinária.

    Em acréscimo à presente lista, desejo mencionar dois filmes (disponíveis em DVD) que considero obrigatórios, posto que verdadeiros hinos às melhores tradições culinárias dos países em questão, respectivamente França e Japão:

    “A Festa de Babette”, drama, Dinamarca, 1987
    — Mulher, fugitiva dos horrores pós-revolucionários na França do Século 19, refugia-se numa pobre e puritana aldeia dinamarquesa, onde realiza pequenos milagres com a única “arma” de que dispõe: seus dotes culinários. O roteiro é baseado numa história da conhecida Karen Blixen (também conhecida pelo pseudônimo Isak Dinesen), de “Entre dois Amores” (“Out of Africa”). Recebeu o Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira em 1988.

    “Tampopo”, comédia, Japão, 1985
    — Tampopo é uma jovem viúva que herda um minúsculo e algo indigente restaurante. Instigada por um rude caminhoneiro, esforça-se, literalmente, para aprimorar suas parcas habilidades culinárias. No Brasil, o filme recebeu o grosseiro subtítulo “Os Brutos Também Comem Spaghetti”, em nada condizente com a delicadeza desta comédia.

    Como nota final, fiquei particularmente satisfeito em ver incluído na lista o título “Simplesmente Marta”, filme fantástico (com a excelente atriz alemã Martina Gedeck) mas pouco conhecido no Brasil. Uma lista menos cuidada provavelmente incluiria a refilmagem “Sem Reservas”, de 2007 (com Catherine Zeta-Jones), em detrimento do (menos famoso) original.

  3. Ráscal disse:

    Oi, Renan, tudo bem?

    Que legal que gostou! Que tal planejar uma ida ao Ráscal comer o Spaghetti essa semana?

    Abraços,
    Equipe Ráscal

  4. Ráscal disse:

    Olá, Ibsen, tudo bem?

    Que bom que gostou da nossa lista. Pesquisamos bastante para trazer os filmes mais interessantes de culinária.
    Muito legais suas duas sugestões também, obrigado!

    Grande abraço,
    Equipe Ráscal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *